HIBRIDISMO NA NATUREZA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HIBRIDISMO NA NATUREZA

Mensagem por chanes em Sex 09 Abr 2010, 9:12 pm

Sabe-se já a muito tempo que na própria natureza há mistura de espécies, por exemplo o tico-tico reis preto, que já vi não somente uma vez mas por várias vezes, inclusive solto por aqui em São Roque, ele é resultado do cruzamento do tziu com o tico-tico reis, o caso também da família dos sporophilas, há uma grande quantidade de espécies e as femêas são na maioria iguais e isso resulta na falta de determinado macho na região que esta cruze com machos de outras espécies, é uma das explicações a grande variedades caboclinhos. Quando postei outro dia o caso de cruzamento de patativa com curiós, isto ocorreu no norte do Brasil, aonde houve uma caça muito grande de machos de curiós, resultando em um grande desiquilibrio da população deste e assim abrindo oportunidades para que machos de outra espécies cruzassem com tais femêas. Uma revista antiga da FEBRAPS, já ensinava um truque de como se conseguir tal resultado em cativeiro. Outro caso de hibridismo que ocorre frequentemente é entre carduelis. Quando criança cansei de ver o Carduelis yarrelli (pintassilgo baianinho) com apenas o topo da cabeça pintado (chamado de coquinho), hoje só o encontra com a mancha escorrida até os olhos e começo do bico (este sempre chamado de escorrido), hoje se acredita que devido a grande capturas deste pintassilgo na década de 80 e início de 90, como só queriam machos, as femêas cruzaram com o Carduelis magellanicus alleni (pintassilgo tocantins), dano aí origem a tal pintassilgo que conhecemos hoje. Se observamos pássaros de zona fronteiriça, falando de carduelis, veremos variações diversas, hoje achamos o Carduelis magellanicus, menor e mais verde (chamado em algumas regiões de pintassilgo eucalipteiro), maior e mais amarelo e com a mascara chegando em V até o peito (chamado em algumas regiões de pintassilgo taperá), este último tendo influência do Carduelis magellanicus magellanica (pintassilgo da patagônica) de origem argentina trazido ao Brasil deste da década de 70 e que fugiram vários da gaiola. Creio que do mesmo modo que a natureza permite que haja tais cruzamento assim surgindo novas espécies (porém nunca descaracterizando ou seja carduelis sempre será carduelis), podemos também em cativeiro realizar o mesmo e com a vantagem de cruzar espécies que jamais se encontrariam na natureza. Como também amante de canários sei que todas as espécies de Serinus canarius são originadas de diversos cruzamentos sendo que são poucas que ainda são puras.

Fábio Chanes
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HIBRIDISMO NA NATUREZA

Mensagem por Convidad em Sex 09 Abr 2010, 10:08 pm

Fabio,
muito boa a explicação.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HIBRIDISMO NA NATUREZA

Mensagem por Rogerio Martins em Qua 22 Fev 2012, 9:01 pm

porque o ibama não vai para o meio do mato e diz para eles não cruzarem.
é comum cruzamentos de papa capim com outras do genero, já vi muitos
avatar
Rogerio Martins
Membro

Idade : 38
Localização : recife
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HIBRIDISMO NA NATUREZA

Mensagem por chanes em Qua 22 Fev 2012, 9:16 pm

Olá Rogério,


Por que infelizmente o Ibama nada tem de profissionais especializados em ornitologia e que são conhecedores da vida selvagem destes, pois se os tivesse, não soltavam no Parque do Tietê em Guarulhos, pássaros que não são nativos da região como pintassilgos do nordeste, cardeais e galos da campina!!

O hibridismo existe sim na natureza e de acordo com o Giorgio Basseggio, ornitologo e criador italiano, não há mais hibridação entre pintassilgos pela distância geográfica de algumas espécies, pois senão as tivesse, com certeza teríamos vários híbridos no mato!

Veja por exemplo a polémica do Spinus silvestrin spp na Argentina, ainda não se sabe se trata de uma nova espécie de pintassilgos ou se fruto de hibridação do C.Spinus com o C.barbata, visto que na Argentina houve muitas fugas de C.spinus do cativeiro sendo que muitos se introduziram nas matas daquele país (assim como osCarduelis carduelis e Carduelis chloris), apesar de eu ter uma opinião formada a respeito disto, torço demais para que seja sim fruto desta possível hibridação!!!

As teses dos radicais do Ibama iriam por água abaixo com este case!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HIBRIDISMO NA NATUREZA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum