ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Sab 01 Set 2012, 8:27 pm

Olá Nação,


Sempre que se fala em hibridar tarins com canários, há diversas divergências de opiniões a respeito das cores das canárias, porém nunca se fala de que tipo de tarin seria o ideal e isto é algo que irá refletir demais no tipo de F1s que se obterá desta hibridação.


Se a hibridação é com canárias vermelhas intensas, tem que ter como preferência os tarins maiores de tamanhos e com cores mais brilhantes e luminosas, estes tarins já foram extintos de seu habitat natural que eram as regiões dos Altos Llanos no estado venezuelano de Guárico, tarins que tinham tamanho perto dos 12 a 13 cm e eram muito bem vermelhos com uma intensidade forte, ainda os acham? Sim os acham aqui no Brasil muito pouco mas a Europa que os trouxeram nas décadas de 60 e 70 importando eles da Venezuela, ainda possuem tais tarins maiores principalmente na Itália!!

Se for utilizar uma canária mosaica, o melhor tarin é o menor e com o ventre e a cloaca com um branco mais destacado, estes tarins normalmente são os considerados nevados, observa-se bem neles este efeito ao notar que a intensidade do vermelho é diferente!!

Se for utilizar canárias cobres intensas ou cobres mosaicas, tem que procurar tarins que tenham mais oxidação melánica nos bicos e patas, além de terem as costas mais escuras com as manchas melânicas!

Jamais deve ser utilizadas fêmeas nevadas para hibridar com o tarin, por que o tarin é sempre transmissor do fator mosaico e se cruzados com tais nevadas, isto atrapalharia pois os F1 ficariam entre os nevados e mosaicos, dificultando fixar mais a frente o fator vermelho da melhor forma possível!


O uso de tarins diluídos na hibridação dão F1s interessantes e bonitos, pois esta mutação é transmitida de forma autossômica dominante e livre, se pude passála a qualquer pássaro que se cruze com tal diluído, dando quase que certa todos os F1 da primeira geração com o efeito da diluíção.

Os duplos diluídos com canárias os F1s serão de primeira diluição todos sem excessão podendo mais tarde utilizar estes F1s com outros cruzamentos interessantes e levando a mutação da diluição como canários, verdilhões, outras espécies de pintassilgos e os Serinus exóticos, fato pouco comentado e utilizado em nosso país, sempre se olha para tais híbridos visando o retrocruzamento com o próprio canário ou com o tarin novamente!!!


Esta dicas, aprendi com o José Abellan, pai do canário jaspe e hibridador e criador de carduelis espanhol reconhecido internacionalmente pelos seus bons conhecimentos!!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Criadouro Dourador em Sab 01 Set 2012, 8:38 pm

Obrigados pelas importantes informações meu amigo...

aqui já temos híbridos de duplos diluído ( ainda nos ninhos ) já observei alguns pintados e de costas chocolate...

Abraço a todos do GRANDE NAÇÃO...
avatar
Criadouro Dourador
Membro

Idade : 49
Localização : Itapuí
Masculino

http://www.criadourodourador.no.comunidades.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Ter 04 Set 2012, 11:05 am

Olá Nação,


Outra dica já apresentada em obras a respeito de híbridos de autoria de europeus, mostra uma característica muito interessante e relevante.

Não adianta tentar utilizar canárias recessivas ou nevadas nos cruzamentos, isto não lhes darão bons híbridos, em quase todos os híbridos apresentados em fotos nestas obras literárias podemos observar que o canário utilizado na hibridação é sempre dominante, sendo assim o híbrido mais perto do que muitos desejam!

Ainda se há a teimosia no Brasil, pela falta pura de conhecimento técnico do que é uma hibridação, ainda estamos presos a estigmas de criadores passados, isto é ruim e nada ajuda!

A busca por conhecimento por meio da própria internet de como ter sucesso com a hibridação necessita ser complementada com a aquisição de obras literárias de autores ligados a este assunto, no Brasil não os temos, infelizmente temos que buscá-las por meio de importação de outros países!

A falta de conhecimento até mesmo pelas diferenciações de tamanhos e outras características do próprio tarin, faz muitos deixarem de lado um tarin provável subespécie, por termos ainda ligados em nossa mente que o tarin ancestral é um, apenas um com características inventadas pelos próprios criadores brasileiros, que no caso de criadores de pintassilgos, diferente de criadores de canários, pouca troca de informações faz com criadores europeus, ou até mesmo não vá tanto a torneios estrangeiros como vão os criadores de canários! Diferencial grandemente observado no trabalho técnico de mutações e fixação de cores que ocorre facilmente nos canários e no caso dos tarins a grande maioria somente conhece por foto!

O nosso finado Saragoza este sim era um homem a frente na questão dos carduelis, com conhecimento técnico de ir in loco, observar o que se estava ocorrendo de novo, pena que os perdemos!!

Mas a hibridação e o conhecimento de tarins, vai além de apenas saber o que é ancestral e o que é mutação, pois de acordo com os estudos feitos, podemos observar que cada região venezuelana havia diferenças dos tarins, em tamanho, cor, capuz, oxidação de patas e bicos e outras características, que ainda poucos no Brasil observam nos próprios magellanicus icterius que temos por aqui!

Lembrem-se hibridar é algo técnico, algo que nada tem haver a soltar e ver o que vai dar!!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Policarpo em Ter 04 Set 2012, 2:18 pm

Otimo tópico para acompanhar.
avatar
Policarpo
Membro

Idade : 43
Localização : Santa Luzia
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Ter 04 Set 2012, 9:02 pm

Olá Nação,

Outro ponto muito interessante é saber, quais mutações de tarins e de canários seriam ligadas ao sexo, autossomicas recessivas ou autossomicas dominantes.

No caso a mutação canela é ligada ao sexo, já fixada nos canários e tarins

Ágata ligada ao sexo, já fixada no canário e nos tarins

Isabel ligada ao sexo, já fixada no canário e nos tarins

Pastel ligada ao sexo, somente fixada nos canários, nos tarins ainda não

Lutino ligado ao sexo, somente fixada nos canários, nos tarins ainda não

Satiné ou Acetinado, ligado ao sexo, somente fixada nos canários e nos tarins ainda não

Marfim, ligado ao sexo, somente fixada nos canários, nos tarins ainda não

Topázio autossomica recessiva, fixada nos canários e tarins

Féo automssomica recessiva, fixada nos canários e tarins

Opalino, autossomica recessiva fixada nos canários e ainda não nos tarins

Eumo, autossomica recessiva, fixada nos canários e ainda não nos tarins

Ônix, autossomica recessiva, fixada nos canários através dos tarins, porém não tem nestes

Diluídos, autossomica dominante fixada nos em quase todos os carduelis sulamericanos e nos tarins também

Azul dominante, autossomica dominante fixada nos canários e tentada demais nos tarins

Aqui segue um bom guia de cores e mutações que podem ser cruzados entre canários e tarins visando uma melhor fixação de mutações, lembrando que o canário é um importante vetor destas mutações, basta o criador saber utilizar os melhores F1s nos retrocruzamentos para fixar novas mutações!

A partir do R3 ainda teremos alguns inférteis principalmente nas fêmeas, mas o percentual será pequeno, mas praticamente se terá 90% de uma nova mutação fixada!

Os trabalhos para se fazer novas mutações nos tarins, hoje tem sido como referência os criadores italianos, aonde já se trabalha as mutações albino, opalinos e féos.

Então em resumo podemos dizer das mutações de tarins que podem ser utilizados em hibridações o seguinte:

Diluída e dupla diluída, dominantes
Topázio autossomica recessiva
Ágata ligadas ao sexo (a única mutação de origem selvagem sem interferência de hibridação)
Rubinos que são as isabéis de olhos vermelhos
Inos olhos vermelhos e ligada ao sexo, e por fim
Marfim, também ligada ao sexo.

Estas mutações de tarins já estão catalogadas e fixadas, porém no Brasil poucos se tem destas, falam-se apenas dos ágatas, isabéis, diluídos, canelas e topázios!!

Por isto que falo que estamos muito longe de alcançar o nível europeu de hibridação técnica visando melhoramento genético, pois hibridam sem curiosidades e sim com conceitos pré definidos do que pretende fazer, não supõem, eles tem conhecimento dos canários de cor e utilizam esta conhecimento no trabalho de melhoramento genético e novas mutações nos tarins através de cruzamentos corretos!!

Fontes: Conversas e e-mails trocados com Hugo Sant'Anna, Paco Pi e o livro Los Híbridos de Mássimo Natale e Leone Giuliano Pidalá (aqui 3 importantes representantes do conhecimento técnico da hibridação, Hugo do Carduelisnorte, Paco do Carduelisur e Mássimo da equipe do Alcedo Ediozini) um português, um espanhol e outro italiano!


avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Juliano Guerra em Ter 04 Set 2012, 10:44 pm

Maravilha de tópico Chanes.
Eu não tinha nem noção de muitas coisas que falou aí.
avatar
Juliano Guerra
Membro

Idade : 39
Localização : Palmas
Masculino

http://www.curiodonorte.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por ezcaparelli em Qua 05 Set 2012, 10:56 am

Muito bom topico, vai ajudar em muito essas informações na sequencia dos meus proximos casais com Tarin.

Obrigado Chanes.
avatar
ezcaparelli
Membro

Idade : 43
Localização : Araraquara
Masculino

http://emersoncaparelli.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Qua 05 Set 2012, 8:57 pm

Olá Juliano e Caparelli,


Baseados nestes dados que passei, agora fica fácil saber qual cor de canária é a melhor para poder hibridar, vejam nos sexos ligados se a mutação for ligada a fêmea de tarin, o melhor é utilizar um macho de canário da mesma cor e dominante para ter híbridos, no contrário as fêmeas sempre tem que ser dominantes isto nos canários!!

Vejam que não adianta conforme um mutação do tarin, colocar canários já com fator, vejam o leque que se abre ao conhecer melhor como é a mutação do tarin!!

Espero tê-los ajudados a serem melhor orientados tanto no cruzamento de tarins mutados com tarins ancestrais ou com outros tarins mutados e no cruzamento com canárias visando híbridos diferenciados!!!


Lembrando que apesar da raça espanhola ser a menor e que dá os híbridos menores, destas eu somente aconselho a cor fundo amarelo intenso lipocrômica, o resto tem que ser buscado em canários de cor, mesmo ele sendo maiores que os raça espanhola, procurem exemplares menores!!

Agora torçam, pois se tudo ocorrer bem, terei para dispor no ano que vem raça espanholas melânicos ágatas amarelos intensos, melânicos ágatas amarelos marfim intensos, e melânicos ágatas prateados dominantes! Aí sim começa a ficar interessante a brincadeira!!!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Sab 08 Set 2012, 6:46 pm

Olá Nação,

Notando as mutações e procurando colocá-las em hibridação de canários de forma correta deixo aqui um bom exemplo,

tarin canela x canária acetinada prateada dominante
tarin canela x canária canela prateado dominante
tarin canela x canária canela amarela mosaica

Depois me digam o resultado destes cruzamentos!! Aqui um mostra de como utilizar o fator sexo ligado para obter bons híbridos de cores diferenciadas e com boas características da cor do tarin canela!!!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Anderson Refundini em Sab 08 Set 2012, 7:57 pm

FABIO,A ALGUM TEMPO ATRAS EM POSTES AQUI COLOCADO NO NAÇAO SOBRE HIBRIDOS,ESTAVAMOS DISCUTINDO SOBRE COR DE CANARIAS QUAL ESPECIE SERIA MELHOR PARA CRUZAMENTOS E VC COLOCOU UMA PEQUENA LISTINHA DE COR E RAÇA DE PINTASSILGO PRA CRUZAMENTOS,VC DISSE QUE QM TE PASSOU FOI PACO PI,SÓ QUE NUNCA MS ENCONTREI ESSE POSTE AQUI NO NAÇAO VC LEMBRA QUAL TITULO DESSE POSTE OU VC LEMBRA OS CRUZAMENTOS

DESDE JÁ..OBRG.
avatar
Anderson Refundini
Membro

Idade : 37
Localização : jundiai
Masculino

http://www.pintassilgosfantasticos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Sab 08 Set 2012, 8:27 pm

Olá Anderson,

O Paco Pi gosta muito de utilizar as seguintes cores de canárias para hibridação para tarins, magellanicus, yarrellis e verdilhões:

ágata amarelo intenso dominante
isabel amarelo intenso dominante
ágata prateado dominante
isabel prateado dominante
verde intenso dominante
azul intenso dominante

Estas são as cores que ele fala para cruzamentos com pintassilgos ancestrais, porém ao estudar os mutados, temos que analisar diversos fatores para poder tirar melhores híbridos, ao se ter conhecimento de como é a mutação, fica muito mais fácil saber que canária escolher para a hibridação, pois estariamos usando uma cor dominante do canário em tarins mutados recessivos ou na questão da mutação ser sexo ligado!!!

O que pretendo com este post é justamente ajudar os amigos a procurarem ser mais técnicos nas hibridações ao invés de soltar para ver o que vai tirar!!!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por chanes em Sex 05 Out 2012, 10:29 pm

Olá Nação,


Em mais pesquisas e leituras que durante fiz esta semana cheguei a algumas conclusões pessoais e gostaria de partilhar com os amigos!

Vejam na hibridação de pintassilgos com canários por cultura popular foram eleitos a cores de canárias, amarela intensa (que muitos chamam de lima), a canária branca, a canária cinza e a canária verde intensa, por muitos anos crescemos ouvindo estas cores como sendo as escolhidas e as melhores! A canária branca por causa do pintagol cinza que era muito valorizado, as canárias amarelas intensas, que se eram chamadas de limas pelos possíveis pintagol pintados e assim isto pegou e até hoje muito tem esta idéia na cabeça!

Logo que se popularizou a raça espanhola, esta raça virou a preferida dos hibridadores com qual que seja o pintassilgo, visto ser de tamanho pequeno e dar híbridos menores, quase semelhantes aos pais! Porém uma coisa tem que ser lembrada o canário raça espanhola não é um canário de cor, muitas vezes mesmo os fundos amarelos intensos lipocrômicos deixam a desejar na qualidade de cor perto de um exemplar amarelo intenso da categoria de canários de cor, pois a genética destes a cor é o fundamental e o que é aprimorado!

Temos então que definir, hibridamos para ter pássaros pequenos como os pais ou em busca de F1s diferentes e mais harmônicos nas cores???

No caso do tarin há outras regras muito interessantes no se procurar realizar uma hibridação correta e com resultado melhor possível!

Na utilização de canárias lipocrômicas intensas, temos que procurar ter o tarin de maior tamanho possível, apesar destes serem raros no Brasil e comuns na Europa, podemos notar que alguns tarins são maiores de tamanho e isto não significa falta de ancestralidade ou se ele é misturado com outra espécie de tarin é do tarin ter diferentes tamanhos assim como os magellanicus icterius também o tem!No caso de fazermos um hibridação de um canária vermelha intensa, procuremos os tarins com a plumagem mais brilhosa possível, e que tenha um intensidade de vermelho bem forte, (isto falo analisando um tarin até mesmo com betacaroteno, pois se ele for intenso e brilhoso, ao ter administrado em sua ração a cataxantine a tendência é tê-lo o mais vermelho possível e com um forte brilho em sua plumagem) e tendo a cloaca com menor tamanho da coloração branca que é comum nos tarins, este é o que reúne a melhor condição para tal cruzamento!!


Na utilização de canárias vermelho mosaica, temos que escolher os tarins que tenham o ventre mais branco, pois ele diminui a intensidade do vermelho do peito e do final da cauda, o ideal para se obter bons híbridos com mosaicos!

Na utilização de canárias cobre intenso ou cobre mosaico, temos que procurar tarins com maior presença de oxidação melânica no bico e patas isto ajudará a ter hibridos com patas e bico bem oxidados que poderão ser melhor aproveitados nos retrocruzamentos para melhoria de coloração e fator do cobres!!

Jamais utilizem canárias nevadas, pois o tarin é portador e transmissor do mosaico, se cruzado com uma nevada teremos híbridos intermediários entre o nevado e mosaico e estes são péssimos para talvez tentarmos utilizar eles na melhoria de cor destes com os canários vermelhos intensos, vermelhos mosaicos, cobres e cobres mosaicos.


Outro ponto é se queremos buscar novidades de híbridos com harmonia de cor diferente e assim até termos em mãos melhor material genético para trabalho com retrocruzamentos com tarins em busca de novas mutações, a raça espanhola estaria de imediato descartada, pois é de porte e qualquer mutação de cor hoje ainda é considerada "suja" ou seja sem perfeição!

Canários de cor, oriundos de boa genética são hoje as melhores opção de cruzamentos com os tarins!

Abraços
avatar
chanes
XERIFE

Idade : 48
Localização : São Roque SP
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Manoel José em Sab 06 Out 2012, 8:01 am

NDC bom dia.

Fábio muito instrutiva sua postagem e que vai permitir uma melhora na obtenção dos hibridos de tarin entre nós. Não há nada como engenho, honesto estudo com muita experiência misturado, sabedoria ibérica bem aplicada neste caso. A hibridação, entendida modernamente, deve ter sempre um alvo definido e voce mostrou como encontrá-lo.

Um abraço em todos vcs.
avatar
Manoel José
Membro

Idade : 80
Localização : Atibaia
Masculino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ALGUMAS DICAS DE HIBRIDAÇÃO DE TARINS COM CANÁRIOS

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum